Total de visualizações de página

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010

carburador

O carburador é um componente mecânico responsável pela alimentação de um motor a explosão. Ele é responsável pela criação da mistura ar/combustível e sua dosagem em motores de combustão interna, seu funcionamento é totalmente mecânico. O ar aspirado pelo pistão passa em alta velocidade pelo difusor (um estreitamento de passagem) arrastando uma porção de gasolina da cuba. A borboleta (instalada na base do carburador) que é ligada directamente ao pedal do acelerador dosa a quantidade de mistura que o motor precisa aspirar. Por esta dosagem, ele determina o número de rotações por minuto.

Componente extinto nos projetos dos carros mais modernos, substituído por uma nova tecnologia que cumpre sua função: a injecção electrónica. O seu uso agora restringe-se a competições, instalado em carros de alto desempenho ou ainda na fabricação de motos, sendo aos poucos substituído pela injecção eletrônica.

Índice [esconder]
1 Comparação com a injecção electrónica
1.1 Vantagens
1.2 Desvantagens
2 Ver também


[editar] Comparação com a injecção electrónica

Carburador utilizado no Fiat Tempra, no Brasil[editar] Vantagens
serve para parte electrica e é um sistema de alimentação mais simples já que o combustível é "arrastado" pelo ar para dentro do motor.
Sua manutenção em raros casos é mais simples, porém para se fazer um serviço correcto deve-se usar muito mais ferramentas, calibradores, manuais e tabelas.
Por ser um dispositivo simples sua construção é barata comparando-se a sistemas de injecção electrónica de combustível.
Pelo fato de serem sistemas simples os carburadores também são mais leves e compactos em geral que sistemas de injecção electrónica de combustível. Isto viabiliza seu uso em ferramentas como por exemplo em cortadores de grama, moto-serras e pequenos barcos onde o mais importante é o menor peso e preço.
[editar] Desvantagens
Como não utiliza nenhum sensor o carburador não tem capacidade de se adaptar com perfeição a todas as condições de uso a que é submetido. Devido a isto o carburador nunca conseguirá ter uma eficiência tão boa ou melhor que um sistema moderno de injecção electrónica.
Devido ao princípio de funcionamento do carburador ser o de acelerar o ar para que este arraste o combustível para dentro do motor isto cria um gargalo para o motor. Isto somado ao fato do carburador nunca conseguir a melhor relação ar+combustível faz com que a potência desenvolvida nunca seja a máxima para aquele motor comparando-se a sistemas modernos de injecção de combustível.
O carburador não utilizando sensores não é auto-adaptativo. Sendo assim não pode usar diversos tipos de combustíveis como as injecções electrónicas "flex".
Com as regulamentações actuais no que concerne a emissões este dispositivo de formação de mistura não atende mais nenhum valor permitido pelos órgãos regulamentadores.
Por se tratarem de sistemas mecânicos os carburadores estão muito mais sujeitos a defeitos que injecções electrónicas modernas. Qualquer imperfeição no combustível como sujeira em forma de partículas sólidas ou sólidos no ar admitido podem facilmente obstruir um carburador e torná-lo inútil até sua limpeza.
[editar] Ver também
Injecção eletrónica
Obtido em "http://pt.wikipedia.org/wiki/Carburador"
Categorias: Engenharia mecânica | Mecânica | Tecnologias automotivas

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Oi,obrigado por deixar seu comemtario!Prometo responder assim que possivel...Desejo que volte sempre!:)

PINHEIROS AUTO PEÇAS E SERVIÇOS

Arquivo do blog

Twitter

Loading...

O QUE VOCÊ ESTÁ PRECISANDO?

Postagens populares

Pesquisar este blog